sábado, 3 de janeiro de 2009

25 Coisas Sobre Mim


Tenho visto estas listas em imensos blogues e há até algumas pessoas que partilham algumas "pancadas" comigo. Então, cá vai:


1. Fui trocada na maternidade mas, felizmente, a minha mãe não reconheceu a roupa do bebé que lhe entregaram e, quando verificaram as pulseiras puderam reparar o erro.

2. Não sei andar de bibicleta.

3. Não gosto muito de dormir.

4. Não gosto muito de doces, nem deliro com chocolates, mas adoro os doces de Natal.

5. Tenho medo do escuro.

6. Quando vou dormir, a porta do quarto tem que estar fechada, assim como todas as gavetas e portas de armários dentro do quarto.

7. Não consigo passar um dia inteiro sem ouvir música. Ouço música constantemente, qualquer que seja o meu estado de espírito.

8. Adorava ir a Tóquio.

9. Gosto mais de vinho branco que de vinho tinto.

10. Não suporto couves, bróculos, grelos, couve-flor, couves de Bruxelas. Nem sequer o cheiro.

11. Nunca sei qual é o meu lado esquerdo e qual é o meu lado direito e isso já me trouxe alguns dissabores. Mas sei que, politicamente, sou mais para a esquerda.

12. Não gosto que me ofereçam flores.

13. Só fui a 4 casamentos mas já fui a imensos funerais. Não porque goste, mas porque calhou. A minha mãe chama-me "anjinho de jazigo".

14. Algumas pessoas da minha família contam piadas em funerais e eu adoro.

15. Ao longo da minha vida tive vários animais de estimação: tartarugas, periquitos e uma ratinha (se fizerem comentários ordinários, ao menos sejam originais) chamada Zélia.

16. O meu prato preferido é bacalhau com broa feito pelo meu amigo Nuno.

17. Já rapei o cabelo.

18. Não gostava de ter uma tatuagem nem gostava de fazer um piercing. Nunca tive essa pancada.

19. Quando era míuda, fui fanática pelos New Kids On The Block, mas o fanatismo pela Madonna é anterior. Sou fã desde que me lembro de existir.

20. O meu "guilty pleasure" é ler diariamente uma data de blogues americanos de gossip. Tenho eliminado uns dos Favoritos, mas recentemente subsitui-os por blogues de moda.

21. Gosto de ficar fins-de-semana inteiros a jogar "Sims", mas isso acontece raramente.

22. Gosto de imaginar histórias sobre as pessoas que vejo na rua.

23. Não sou supersticiosa, mas não gosto que me desejem "boa sorte" antes de entrar em cena. Também não gosto que me digam "parte uma perna" porque já caí uma vez em cena e ía-me partindo toda. "Merda" é suficiente e não é assim tão escandaloso.

24. A primeira coisa que tomo de manhã é um café, antes de ingerir qualquer coisa.

25. Não gosto de dormir a sesta.

6 comentários:

Pedro disse...

Que giro, alguns pontos em comum: também ia sendo trocado no Hospital, mas a Mãe deu pela troca (não terá sido também na Cruz Vermelha?)

Antigamente não gostava de dormirm,agora adoro.

Também não gosto de dormir com portas e gavetas abertas~.

Já me deixei dos Sims, que é por demais viciante.

Também sou fã de Madonna antes de me conhecer como gente.

Eu não só gosto de imaginar histórias sobre as pessoas que vejo na rua, como o faço constantemente...

Maria João disse...

E eu a achar que era a única que ia sendo trocada na maternidade e só fui reconhecida pela roupa...ele há coincidências do camander!!!

Aquele fã que às vezes encontra no Bairro Alto disse...

Adorei a lista! Um beijo de bom ano.

Mamãe disse...

A troca na maternidade foi uma verdadeira saga. A Mariana nasceu na Clínica Cabral Sacadura onde trabalhava a médica que me assistiu, pioneira e defensora acérrima do parto sem dor - " no parto não há dores, há contracções. O resto são influências da civilização judaico-cristã!".
Na mesma altura e na mesma clínica, uma colega minha da faculdade teve também uma menina. E durante o período que coincidimos na clínica visitávamo-nos uma à outra. No dia em que saí, a enfermeira encarregada do berçário disse-me que ia pôr a filha da Manuela a mamar e que depois trataria da Mariana. Vi entrar a filha da Manuela, rosadinha, com um babygrow castanho, que se atirou à mama da mãe com fome de 15 dias. "Que linda que é a tua filha,Manuela!".
Chegada ao berçário defrontei-me com a única rapariga que lá restava "Esta não é a minha filha, não conheço este casaco!". Pois a minha filha estava, de babygrow castanho, mamando desalmadamente em mama alheia!

Pedro disse...

LOL! Não sei como a minha me reconheceu, ou melhor, percebeu que a criança que lhe tinham enviado para amamentar não era eu! O que é certo é que tenho a pulseirinha com o meu nome...

Anónimo disse...

Não sei o que me fez rir mais: se o item do "anjinho de jazigo" se a estoria de mamãe de manana sobre o mamar na mama alheia!

Uma Lolada da "boua" no fundo!!!

Pontos em comum: tb tenho medo do escuro (tenho uma luz de presença q se liga à ficha e muda de cor...o rosa é especialmente utilizado para acompanhar noites demoniacas :)),tb n vivo sem musica e até para fazer o xixi ponho musica na casa d banho ( o que vale é que ninguem nos ouve), tb gosto de imaginar as novelas dos demais personagens que por mim passam, mas pior que isso é meter conversa com eles a troco de nada...tb me drogo c cafeina logo à abrir a pestana e tb me dá para dizer barbaridades em momentos totalmente inapropriados, tipo funerais.

Tudo o resto, a começar pelo dormir e a acabar nos doces, somos de planetas distintos...mas amo-te na mesma melhere!!! ;)

Laranja

Arquivo do blogue