quarta-feira, 12 de agosto de 2009

QUE É FEITO DE...CANGURIK?


Se foi uma criança Blockquotenos anos 80 e um adolescente obeso nos anos 90, com certeza lembrar-se-à do Cangurik, a mascote do Nesquik, o chocolate em pó e o leite achocolatado preferido de crianças com cáries. De repente, o canguru Cangurik desapareceu misteriosamente para vir a ser substituído por um coelho castanho do nome Quicky (quickie é "rapidinha" em Inglês. Que decente...).

Isto tudo não deixou Cangurik muito feliz, principalmente depois do fim da sua relação com Topo Giggio, que o apanhou com o rapaz armado em "herói" que aparecia nos rótulos das garrafas de Frissumo. Cangurik enveredou, assim, por um tortuoso caminho de drogas duras e consumo de desinfectantes industriais. Teve ainda uma curta carreira de travesti em bares da Margem-Sul, mas as recordações dos tempos em que tinha a sua imagem nas prateleiras de todos os supermercados fazia com que o seu trabalho se tornasse ainda mais humilhante.

Aos 42 anos, Cangurik morreu de overdose de leite achocolatado por via intra-venosa.

5 comentários:

Maria Joao disse...

ahahahh!!!! adoro!

Claudio de Sousa disse...

muito bom lolol o velho cangurik quem diria...as voltas que o mundo dá

Tiago disse...

Eu era sócio desse grande clube! Não me lembro se dava direito a prémios ou descontos de gasolina. Ah! Tinha um jornalinho (sem ser newsletter!!) e mandavam-me todos os anos um postal de parabéns..

Eduardo Franco disse...

Eu sempre tive esperança de ele prai relançar a carreira num duo com o boy george e com o michael hogan "crocodile dundee" como manager.Mas assim foi.

Anónimo disse...

olha ,olha ,olha quem vem lá.
é tão bom ter um canguru amigo.
olha,olha os saltos que ele dá....
oreto não sei
lembam-se?