terça-feira, 24 de fevereiro de 2009



A imagem que vêm em cima é "A Origem do Mundo" do pintor realista Gustave Courbet e está exposta no Musée d'Orsay, em Paris. Estava também na capa de cinco exemplares de Pornocracia - romance de Catherine Breillat - apreendidos pela PSP na Feira do Livro em Saldo e Últimas Edições, em Braga, por apresentar conteúdo pornográfico.

A minha professora de História costumava dizer que, em tempos de crise, "as pessoas trocam a Liberdade por batatas". Eu quero saber onde estão as minhas.

6 comentários:

Pedro disse...

O que eu não sabia era que as mães de Bragança tinham uma filial em Braga, cujo braço armado era a PSP. Alguém avise as senhoras, que a modelo era francesa e já está defunta há uns quantos anitos.

Anónimo disse...

Cá para mim isto não tem nada a ver com essa cena das batatas batatas. Deve ser é obra de um qualquer lobby que não goste dessas cen...poucas vergonhas femininas, porque nós até vivemos numa Democracia porreira páh. Isso da censura era no tempo do dr. Oliveira, isso sim eram tempos (de censura, claro está)

Anónimo disse...

Já o Botas achava a Arte subversiva. Bom, mesmo, era o carro alegório do Cristiano Ronaldo!

Anónimo disse...

Mais uma histórinha inenarrável, protagonizada, por alguém deste recanto da Europa bafienta…

Maldonado disse...

Foi um espalhafato desnecessário, pois nem a PSP nem os pais bracarenses estão habilitados para determinar o que é pornografia. Aliás, erotismo e pornografia são conceitos ambíguos, não havendo uma clara distinção entre ambos. E o conceito de obscenidade é dúbio, pois tem mais a ver com os valores vigentes numa determinada sociedade...
A única coisa "indecente" nesta imagem é a falta de depilação... :))

Gray Moon Gallery disse...

Phalluzoïde ou L’Origine du Sexe é uma obra do pintor Jan Theuninck
http://www.flickr.com/photos/26915283@N07/3551448186/

Arquivo do blogue