segunda-feira, 24 de novembro de 2008

É Natal!

Chegámos ao Natal porque assim o decidiu um senhor da Zon que estava a falar no Telejornal da TVI no Sábado, na inauguração da árvore de Natal gigante. "Hoje começa o Natal", dizia ele. Mas há algum dia fixo para o início do Natal? Eu sempre ouvi dizer que o Natal era quando o Homem quisesse, mas não me disseram que era o Homem da Zon.

3 comentários:

Lek disse...

A seguir ao dono das televendas da "ideia casa", o homem da Zon é um dos maiores idiotas merketeers deste país. Uma espécie de revelação que salta do banco em momentos de crise e que promete sozinho dar a volta ao resultado. Deixá-lo acender as luzes já. Pode ser que com o mau tempo metade d'elas estejam fundidas a 25 Dezembro.

Mamãe disse...

As luzes da árvore Zon simbolizam um novo conceito de Natal
- O Natal já não é o nascimento de Jesus e com ele o nascimento do Messias que trará a paz ao mundo. O Natal é a gente ir às Amoreiras fazer compras. E isso não acontece de 24 para 25 de Dezembro, mas quando o homem da Zon acende as luzes, ou seja, umas semanas antes.
- A época do Natal não acabará este ano a 6 de Janeiro, com a tradicional oferta de ouro, incenso e mirra que Gaspar, Belchior e Baltazar, conduzidos por uma estrela, foram oferecer ao Menino.
Chateados com as estrelas da árvore Zon que lhes lixam o negócio, clientes e fornecedores do Parque Eduardo VII apedrejarão as luzes uma a uma bem antes da data prevista!

R2D2 disse...

Eu por acaso acho uma ideia brilhante, numa óptica de marketing low-budget e à medida das reais possibilidades do país, fazer-se uma árvore de Natal no Parque Eduardo VII. É que um grande presépio é garantindo, pois no Parque Eduardo VII é fácil juntar uns tantos à volta do "menino"

Arquivo do blogue