terça-feira, 18 de novembro de 2008

CHEIRA MAL, CHEIRA A POVO!

Hoje entrei num autocarro da Carris e reparei que agora há ambientadores e uns cartazes a dizer "Cheira Bem, Cheira A Carris". Já tinha lido sobre isto não sei onde, mas só hoje é que me tinha deparado com o facto consumado, quando entrei dentro do autocarro e levei uma chapada de patchouli ou coisa que o valha. Não cheira a Flowerbomb, de Viktor&Rolf. Cheira a ambientador barato, o que deita por terra o esforço da Carris em disfarçar o fedor do pessoal que utiliza aquele meio de transporte e se mistura com o cheiro a suor e a chulé. Imagino a criatura brilhante que terá tido aquela brilhante ideia: "Coisas más nos autocarros...'xa cá veriii...ai já sei! O cheiro a povo! Canojo...", porque o preço dos bilhetes e os atrasos são coisas normais e os utentes têm mais é que se habituar. O cheiro não.

2 comentários:

Mamãe disse...

As brisas fazem parte do programa de actividades da Carris para este ano - mangerico, tangerina, brisa do mar e uma outra coisa qualquer. Cerca de 350 000€ desaproveitados para uma campanha boa de higiene pessoal - "Portugueses, convém tomar um banho diário, mudar de roupa também diariamente e não usar roupas de fibra, caso contrário não há brisas que vos valham. Se não houver possibilidade de duche, não esquecer os pontos estratégicos que bem sabeis. Os vossos companheiros de viagem da Carris, os vossos colegas de trabalho e todos os outros que convosco se cruzam agradecem."
Mais barato, mais abrangente!

ZEP disse...

uma das coisas que adorávamos fazer em grupo no tempo de liceu era entrar num autocarro e quando saíamos gritavamos "que cheiro a povo!!!" enquanto despejávamos uma lata de Brise para dentro do autocarro. e saíamos. imagina o pivete que lá ficava, lol


também fazíamos isso nos Porfírios!

Arquivo do blogue