domingo, 8 de junho de 2008

Zezé Camarinha vs. Henry Miller


Sendo Portugal um país com uma taxa de analfabetismo assustadora, espanta-me a quantidade de livros que se escreve neste país. Livros, mas não literatura. De facto, nem sequer é preciso saber escrever...Depois dos livros infantis da Ágata, cujo título era qualquer coisa como "Rúben anda-te assentar à mesa que o comer tá pronto" e a biografia de um Tony Carreira, já para não noutros best-sellers, chegou a vez de Zezé Camarinha. E desenganem-se os que pensam que este senhor vai lançar um Manual de Inglês - Zezé vai lançar a sua ato-biografia, ‘Zézé Camarinha, O Último Macho Man Português’, uma edição da D.Quixote.
Diz o CM:
"A cartilha encerra com os dez mandamentos da sedução, prescritos pelo próprio, que enumera ainda as dez mulheres que mais admira, as dez com quem nunca dormiria e as dez com quem gostaria de ter dormido. Aos 54 anos, Camarinha não arrumou as botas de playboy. Ou melhor, os calções de banho. Se é verdade que vai trocando a quantidade pela qualidade, não há motivo para a desilusão se abater sobre as fãs. 'Continuo sempre em forma. Ainda ontem, sem querer, passaram por mim duas holandesas e fiz um engatezito. Acabei por fazer o meu trabalho com uma delas', confessa. A confirmar numa praia algarvia – e numa livraria – perto de si".

3 comentários:

Amilcar Alhinho disse...

Finalmente!
Depois da biografia do Mantorras e antes da do José Castelo Branco, posso dar-me ao luxo de me rebolar a rir com histórias das vidas alheias...
Viva Portugal! A sério, que outro país aceitaria este tipo de cromos como figuras públicas...?

Mr. MyShadow disse...

Adorei todos os ultimos posts que nem sabia qual havia de comentar! lolol

Anónimo disse...

É de realçar a frase profunda "...acabei por fazer o meu trabalho com uma delas", que suscita algumas questões, tais como:
- está colectado nas Finanças?
-em caso afirmativo, qual a actividade?
- passa recibo?
-desconta para a SS?
- tem horário rígido ou flexível?
- quais os indicadores de productividade?
- qual a disntinção entre trabalho e lazer?

Arquivo do blogue